Salinas

Historia

Sabe-se que os índios tupinambás foram os primeiros habitantes da região que hoje é o município de Salinas da Margarida. No período colonial no século XVI os portugueses tomaram posse das terras que sediavam a aldeia dos tupinambás, e as mesmas passaram a pertencer A Capitania dos Portos de Salvador.

O comendador Manoel Souza Campos comprou as terras, e as dividiu em duas fazendas, Fazenda Santa Luzia e Fazenda Conceição. Na oportunidade observou que o ambiente climático era favorável para a atividade de extração de Sal e decidiu implantar as salinas nas fazendas, dai a origem do primeiro nome Salinas dado ao povoado , já o nome Margarida tem sua historia contada de várias formas, que se desmembram em lendas que são passadas até os dias de hoje de geração para geração, uma delas é a versão romântica, a qual diz que o nome Margarida era em homenagem a esposa do comendador Manoel Souza Campos, porém a que tem relevância histórica é a versão que o porto no qual atracavam os navios que transportavam o sal chamava-se Porto Margarida. A extração de sal foi a prática econômica predominante no período, além dessa atividade destacava-se também a pesca,a exportação de piaçava nativa e de dendê. Em 1889, o desenvolvimento do povoado é estartado com a mecanização da extração do sal, a industrialização atraiu a vinda de muitos operários que buscavam oportunidade de trabalho.

Os primeiros povoados foram: Arraial do Dourado, Caperengo, Queimadas, Região da Mangueira(Criola), Porto da Telha(Dendê).

Em 15 de novembro 1901, Salinas da Margarida passa a ser distrito de Itaparica. Emancipando-se em em 27 de julho de 1962, teve seu primeiro prefeito em 1963, o senhor Manoel Dias de Albuquerque, nesse mesmo ano foi instalada a câmara de vereadores no município.

Nos dias atuais sua principal atividade econômica é a Pesca, e a cidade se destaca pelo atrativo turístico que possui, suas praias de águas calmas, suas belas paisagens, sua excelente culinária, feita através dos mariscos que são extraídos da região, são características intrínsecas de Salinas da Margarida.

img1 Porto de Embarque do Sal

img7 Fabrica do Sal

Fonte: http://www.salinasdamargarida.ba.gov.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *