Salinas da Margarida, a calma que fica entre o mar e o rio

Na Bahia é assim. Há opções e roteiros para todos os gostos e bolsos. E em muitos casos, não é preciso ir longe para chegar a um desses lugares maravilhosos, perto de tudo e com uma paisagem de dar água na boca, como é o caso de Salinas da Margarida, uma pequena cidade litorânea, que fica a 270 Km de Salvador, mas que indo de ferry, atravessando a Baía de Todos os Santos, está a pouco mais de 50 Km.

E chegando lá, esqueça esse negócio de calça e tênis. Uma bermuda, um short e uma camiseta já bastam. Sandália de dedo e um bom protetor solar. Na cidade é verão o ano inteiro, portanto trate de aproveitar e bem. E se além de se divertir você é do tipo curioso, a história de Salinas da Margarida tem um pouco de romantismo, que, quem sabe, pode lhe fazer bem.

O mistério e a lenda ficam por conta do nome Margarida, agregado a Salinas. E ele teria uma versão romântica, de uma homenagem do Comendador Manoel de Souza Santos – poderoso à época lá por essas bandas – à sua esposa, que se chamava Margarida. Porém a história não passa de uma lenda que não é confirmada através dos dados históricos.

O que importa mesmo é que Salinas da Margarida encanta pela beleza de suas praias e de águas calmas nas ilhas que o circundam, e bons locais para a pesca e a prática de esportes náuticos. Recanto ideal para quem busca tranquilidade. Entre o mar da Baía de Todos os Santos e o rio Jaguaripe, a cidade possui as praias marítimo/fluviais mais procuradas do Recôncavo.

Praias de águas mornas, calmas e bastante piscosas, garantem passeios de caiaque e pesca de linha, entre o mangue e as dunas locais, como no rio “Cavalo Russo”, que têm águas limpas e transparentes. Ou nas praias da Encarnação, Araçá, que são ideais para o banho em qualquer período das marés. E o mais importante, está perto de Salvador, o que permite viagens entre a capital e essa parte do Recôncavo seja feita no mesmo dia.

Praias – Em Salinas o melhor de tudo são as praias, mas você pode optar também por um banho de rio. Seja no centro da cidade, no cais de atracação, ou em localidades pouco distantes, são muitas opções. Pelo menos 10 destinos estão ao seu dispor, para escolher o melhor em termos de banho de mar: Praia da Barra do Paraguaçu, Porto da Telha, Praia do Dourado, Cairu, Conceição de Salinas, Encarnação, Pedra Mole, Camborui, Tubarão e Praia do Amor. das 10 praias, três são mais procuradas.

Praia da Barra do Paraguaçu – É uma das praias marítimo/fluviais mais procuradas dessa região. Suas águas são mornas, calmas e bastante piscosas, favorecendo deliciosos banhos, passeios de caiaque e pesca de linha. Bem próxima de lá, está uma ótima opção para banho de água doce. Entre o mangue e as dunas locais está o “Cavalo Russo”, um córrego de águas limpas e transparentes.

Praia da Encarnação – Apresentando características semelhantes às das praias da região, à praia da Encarnação tem, num mar morno e calmo, a sua principal marca. Sua paisagem agrega vastos manguezais, areias alvas e casas de veraneio. A pesca de siri com “gereré” (armadilha local), além da procura na areia de alguns moluscos chamados “chumbinhos” são excelentes diversões que podem gerar bons petiscos.

Praia do Araçá – Praia de águas mornas e tranquilas, ideias para banho em qualquer período de marés. Bom local para pesca de linha e de “gereré”. Pode-se também dar um passeio para contemplar o rico ecossistema dos mangues, com diversas aves, ostras e espécies de crustáceos.

Como chegar:

De Salvador – Atravessar a Baía de Todos os Santos utilizando o sistema de Ferry-Boat (71) 3254-1020 (45 min). A partir do Terminal de Bom Despacho, na ilha de Itaparica, , seguir por 34 Km pela BA-001 até o entrocamento e, depois, mais 18 Km até Salinas da Margarida.

**Utilizando-se da travessia pela Baía de Todos os Santos, pelo sistema Ferry-Boat, Salinas dista de Salvador, 52 quilômetros, a partir do terminal de Bom Despacho, do outro lado da baía. Para quem alugar lancha, saindo do terminal Marítimo de Salvador, o percurso são 11 milhas (aproximadamente 20 quilômetros).

Fonte: Bahia Noite e Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *